Como a Capoeira me Transforma – Desejo em Aprender, mesmo Com Meus Muitos Erros - ExpatJoy

ExpatJoy - Passionate Global Living with Sandra Bissell

Blog

Como a Capoeira me Transforma – Desejo em Aprender, mesmo Com Meus Muitos Erros

Esta arte me encanta. Eu não posso mais sair. Aprendi a capoeira que vem dos nossos ancestrais.

(Início da música Essa Arte).

Em 2004, me mudei de volta pro Brasil, e comecei a treinar com o querido mestre Brasilia, lá na academia dele na Pedroso de Morais, em Pinheiros.

Tempos muito bons!

Foi lá no espaço do mestre, na capital paulistana,  que ouvi pela primeira vez a música – Essa Arte, que creio ser de autoria de mestre Barrão.  Estava chegando do exterior, onde havia começado a treinar a Capoeira.

Era tão bom estar finalmente no Brasil, e cantar em português com meus compatriotas.

Talvez por ser meu idioma, me sentia mal em cantar ‘nossos ancestrais.’ Supunha que alguém com a minha aparência asiática, deveria se calar quando se falava da ancestralidade dentro da Capoeira.

Durante a década seguinte, continuei praticando Capoeira no Brazil e em outras partes do mundo.

Vinte anos estudando e praticando essa forma de arte e expressão, a qual tanto amo, não foram suficientes para melhorar as minhas bananeiras (paradas de mão ou posições invertidas).

Por outro lado, agora é mais fácil cantar ‘nossos ancestrais’ porque, quando deixei de lado o medo de ser julgada, ou de ofender alguém, e abri meu coração para me envolver e aprender dentro da Capoeira, pude enxergar a nossa ancestralidade comum.

Sou imensamente grata a cada um dos meus mestres, e a cada capoeirista que passou ou segue em minha vida. Obrigada!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SANDRA BISSELL

Meu nome é Sandra Bissell.
Fui abençoada com a oportunidade de viver como expratriada por mais de 2 décadas.

Algumas das minhas paixões são pessoas, minha família, boas conversas, viajar, comida étnica, dançar e Capoeira, uma arte marcial dançante afro-brasileira.

Originalmente do interior do estado de São Paulo, no Brasil, aproveitei a vida nas prefeituras de Kanagawa e Aichi, no Japão, nas cidades de Boston e São Diego nos Estados Unidos, em São Paulo, Brasil, como expatriada em meu próprio país, Zurich – Suíça e mais recentemente em Stamford, Connecticut, de volta aos Estados Unidos.

Como você pode imaginar, eu me sinto mais confortável com a comunidade internacional.
ExpatJoy - Passionate Global Living with Sandra Bissell

Telefone

+1 860 506 5115

Email

sandra@expatjoy.com